skip to Main Content

Ensino especial terá nova unidade em Goiânia

Por Redação - 07/03/2022

Foto: Divulgação

O governador Ronaldo Caiado assinou, nesta segunda-feira, 7, ordem de serviço para implantação do Centro de Referência Estadual em Educação Especial Florescer, que será instalado nas dependências físicas do Centro de Atendimento Educacional Especializado Instituto Pestalozzi, no Setor Pedro Ludovico, em Goiânia. Os investimentos, na ordem de R$ 6,3 milhões, incluem a construção do novo centro e ampla reforma do espaço.

“Estudam aqui crianças que seus pais dedicam a elas todo o carinho possível, porque sentem a necessidade de transmitir a elas a segurança de que elas precisam. E, muitas vezes, essas famílias são vulneráveis socialmente, passam dificuldades de sobreviver no dia a dia”, comentou o governador, ao assinar a ordem de serviços.

Caiado também falou das dificuldades que as famílias com filhos enfrentam para buscar tratamento de saúde, educação e inclusão. “Como dar a essas crianças uma fisioterapia, uma orientação didática, uma higiene adequada? É aí que entra o Estado”, completou.

O projeto contempla ainda espaços físicos adequados e modernos, com atendimento de excelência aos alunos. A obra será executada pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). O objetivo é melhorar a qualidade e a capacidade de atendimento ao público do ensino inclusivo, que é constituído do estudante e de sua família.

A secretária de Educação, Fátima Gavioli, salientou que, além das obras, o atual governo dá à educação toda a atenção necessária para o desenvolvimento dos alunos. “Cuidar de gente é o maior bem e patrimônio que um governo pode ter”, refletiu.

As obras de reforma e ampliação incluem melhorias na acessibilidade; construção de dois novos blocos prediais, de muros e portões; reforma geral dos blocos A e G; cobertura e pintura dos blocos já existentes; implantação de central de gás; reforma da quadra de esportes; implantação de playground; reforma e ampliação dos sanitários e desenvolvimento de projeto de paisagismo.

“Aqui, antes, a gente fazia vaquinha para consertar a estrutura. Tudo era muito difícil e sucateado. Graças ao olhar do senhor, governador, pelo ensino especial, poderemos contar com uma educação digna para nossos alunos”, afirmou a diretora da escola Joelma Santos, que está na instituição há 22 anos. “A palavra inclusão é muito bonita de ser dita, mas seu exercício é algo muito difícil, pois ele tem de vir de cima para baixo, como está sendo feito, como vocês têm olhado por nós”, disse Cristina Freitas, que falou em nome dos pais de alunos.

Projeto Florescer
O projeto Florescer é desenvolvido desde o final de 2020, e, além dos trabalhos de melhorias arquitetônicas e de infraestrutura, conta também com preceitos pedagógicos, construídos com a comunidade escolar do Instituto Pestalozzi.

A escolarização no Instituto Pestalozzi terá continuidade, sendo acrescidos o atendimento e apoio ofertados na rede estadual nos núcleos de Altas Habilidades/Superdotação (NAAHS) e de Atendimento Educacional Hospitalar (NAEH), e nos centros de Apoio Pedagógico para Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual (CAP) e de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS).

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top