skip to Main Content

PC bloqueia 36 contas de suspeitos de golpe na venda de lote em Águas Lindas

Na Operação Lote Alheio, foram apreendidos celulares, cartões bancários e R$ 1,1 mil em espécie


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 08/12/2023 - 10:03

PCGO cumpriu cinco mandados de busca e bloqueou 36 contas (Foto: PCGO)

O Grupo Especial de Investigações Criminais (Geic) de Águas Lindas, com apoio operacional da 17ª DRP, deu cumprimento ontem – em Águas Lindas, Girassol e no Distrito Federal – a cinco mandados de busca domiciliar e ao bloqueio de 36 contas bancárias contra suspeitos de estelionato, na modalidade disposição de coisa alheia como própria, em desfavor de vítimas residentes em Águas Lindas e no DF, causando-lhes um prejuízo aproximado de R$ 20 mil.

Na Operação Lote Alheio, foram apreendidos celulares, cartões bancários e R$ 1,1 mil em espécie. Os investigados devem responder por falsidade material em documento particular, falsidade ideológica em documento público, estelionato e associação criminosa.

Conforme apurado, em abril de 2022, os suspeitos produziram documentos falsos com o intuito de se mostrarem proprietários de um lote em Águas Lindas, colocando à venda o referido imóvel. Interessada no lote, a vítima, como forma de pagamento, transferiu um veículo de sua propriedade, passando-lhes uma procuração pública. Com a procuração, os suspeitos negociaram o automóvel no DF, fazendo uma nova vítima, que efetuou pagamento bancário aos investigados, os quais repartiram os lucros da empreitada criminosa.