skip to Main Content

Reta final para a entrega da declaração do Imposto de Renda

Por Redação Tribuna do Planalto - 26/05/2022

Faltam poucos dias para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2022. Após a Receita Federal anunciar que o prazo se encerraria no dia 29 de abril, no começo do mês passado, o “Diário Oficial da União” publicou uma nova instrução normativa, prorrogando a data para o dia 31 de maio.

Como já é de praxe, as pessoas que enviarem a declaração com Certificado Digital, bem como os idosos, portadores de doenças graves e deficientes físicos ou mentais, terão prioridade no recebimento da restituição do imposto devido.

De acordo com dados da Receita Federal, 24,3 milhões de declarações foram recebidas até a última sexta-feira (20/05). A estimativa do Fisco é que sejam entregues cerca de 34,1 milhões. Portanto, 9,8 milhões de pessoas ainda precisam prestar suas contas.

Todos os anos, contribuintes relatam dificuldade em saber quais os documentos exatos que precisam e como é o passo a passo do processo para a declaração. Quem é obrigado a declarar e não o fizer, ou enviar fora do prazo, terá que pagar multa de, no mínimo, R$ 165,74, e, no máximo, o correspondente a 20% do imposto devido.

Sabendo dos percalços que podem atrasar ou impedir o envio da declaração, a Santa Fé Investimentos e a fintech SuperRico contam com um time de especialistas disponíveis para entrevistas e análises conjunturais sobre o assunto. A primeira, voltada ao mercado, possui prioridade para falar sobre como investidores podem declarar seus investimentos. Já a segunda, ligada ao setor de planejamento financeiro, pode dar orientações mais gerais para o leitor sobre como se programar e no que precisa estar atento, durante o processo de envio da documentação.

Back To Top