skip to Main Content

Goiás amplia prazo para quitação de empréstimos consignados

Prazo máximo para quitação era de 96 meses. Com nova lei, prazo passa a ser de 144 meses


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 08/06/2024 - 08:33

Governo aumenta de 96 para 144 meses limite máximo de parcelamento para contratação de crédito consignado em folha de pagamento. Foto: Secom

A Secretaria de Administração do Estado de Goiás (Sead) atualizou a lei nº 22.709, estendendo o prazo máximo para servidores públicos estaduais quitarem empréstimos consignados de 96 para 144 meses. Essa medida tem como objetivo oferecer melhores condições de pagamento e facilitar o acesso ao crédito consignado, especialmente para os mais de 38 mil servidores que atualmente têm a margem consignável comprometida em mais de 80%.

Com a atualização, servidores civis e militares, ativos e inativos, além de pensionistas do Poder Executivo Estadual, podem alongar seus contratos e voltar a ter acesso ao crédito consignado em folha de pagamento. Essa forma de crédito é considerada a mais barata do mercado devido à segurança oferecida às consignatárias, resultando em taxas de juros mais baixas.

Em dezembro de 2023, uma nova legislação foi implementada para destinar 10% da margem consignável exclusivamente para instituições que operam com o cartão de benefícios, um tipo de cartão de crédito consignado com desconto direto na folha de pagamento. Este cartão oferece vantagens adicionais, como descontos em farmácias, auxílio funeral e seguro de vida, facilitando a aquisição de bens e serviços com condições diferenciadas para os servidores estaduais.