skip to Main Content

Governo realiza Mutirão Iris Rezende em Aparecida de Goiânia

Por Redação - 12/12/2021

Governador Ronaldo Caiado durante abertura da 2ª edição do Mutirão Iris Rezende Governo de Goiás, em Aparecida de Goiânia: “Minha visão de governo é atender as pessoas, estar junto, ouvir, superar as dificuldades” . Fotos: Wesley Costa e Junior Guimarães

Da Redação

Com a presença do governador Ronaldo Caiado, o governo estadual realizou, no sábado e domingo, a segunda edição do Mutirão Iris Rezende Governo de Goiás, desta vez em Aparecida de Goiânia. A ação descentraliza o atendimento ao cidadão com um leque de serviços gratuitos, que foram disponibilizados na Avenida Benedito Silvestre, no Bairro Independência. Também foi feita a entrega de benefícios sociais implantados pela atual gestão, com maior ênfase às mães em situação de vulnerabilidade, crianças e garantia habitacional. O Mutirão, que começou por Goiânia, percorrerá outros municípios. “Vamos fazer em Trindade, Senador Canedo. Enfim, ampliar o arco”, anunciou o governador.

Cerca de 400 trabalhadores realizaram a montagem da estrutura, de 6 mil metros quadrados. Ao todo, mais de mil pessoas trabalharam no atendimento aos moradores da região nos dois dias de evento.  O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, visitou as dependências durante a manhã do sábado. No local, os aparecidenses tiveram acesso a funcionalidades como emissão de documentos, consultas médicas, exames, vagas de emprego, atividades culturais e esportivas, entre outros.

O governador lamentou a ausência da Prefeitura de Aparecida de Goiânia na atual edição. Essa lacuna, informou, prejudica os moradores. “Acho que não cabe aqui cunho político, mas o atendimento à população. Minha visão de governo é atender as pessoas, estar junto, ouvir, superar as dificuldades”, frisou. E reforçou que a presença do estado no município dá continuidade a um legado de Iris Rezende, idealizador do projeto. “O gestor público não pode ficar isolado, tem que estar aqui sentindo a vida como ela é, vendo as necessidades e, com isso, o governo se preparando para atender as demandas.”

Benefícios sociais

Caiado entregou a 500 famílias o benefício do Programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social. A iniciativa, recém-instituída sob coordenação da Agência Goiana de Habitação (Agehab), destina R$ 350 mensais para custeio de locação de imóveis a quem se encaixe nos critérios de déficit habitacional. “Com a pandemia, muitas famílias não tiveram como pagar aluguel. Por isso, o Governo de Goiás vem para ajudar quem mais precisa. Quando desmama marajá, o dinheiro vem para o povo”, pontuou o governador. 

O município é o primeiro contemplado com o programa. Foram 500 famílias convocadas entre os inscritos e outras 500 para a formação de cadastro de reserva. “A proposta é resolver uma situação urgente de parte da população que está sem condição imediata de arcar com o aluguel da moradia”, explica o presidente da Agehab, Pedro Sales. Ele lembra que é determinação do governador cuidar das pessoas que precisam do estado, ao mesmo tempo em que se estimula o desenvolvimento econômico de Goiás. “Resolver o déficit habitacional por várias frentes é a missão, seja no aluguel social, construção de moradias ou entregas de escrituras, outro serviço também oferecido neste Mutirão em Aparecida de Goiânia”, pontuou. 

A regularização de moradias também ocorreu no Mutirão. No local, 520 famílias dos bairros aparecidenses Colina Azul, Independência Mansões, Jardim Tiradentes e Madre Germana receberam as escrituras de suas casas, sendo um grupo já contemplado com o documento e outro convocado para assinaturas necessárias ao trâmite. “Estava esperando esse momento há mais de 20 anos. É muita alegria, para mim e meus filhos”, descreveu a doméstica Rosileide Sodré de Almeida Silva. Na primeira edição, realizada na Região Noroeste de Goiânia, 1.006 famílias foram beneficiadas com 674 escrituras entregues e 332 assinaturas coletadas.

Caiado entregou cartões do Programa Mães de Goiás a 2.614 mulheres em situação de vulnerabilidade em Aparecida de Goiânia. A iniciativa garante renda mensal de R$ 250 a mães com filhos entre zero e seis anos. O crédito tem como objetivo auxiliar na compra de alimentos e medicamentos. “O dinheiro já está depositado na conta”, garantiu. 

Ampliação de serviços

A segunda edição do Mutirão Iris Rezende Governo de Goiás ampliou os atendimentos nos estandes. Para o público que busca uma colocação no mercado de trabalho, o Estado, por meio da Secretaria da Retomada, oferece 2 mil vagas de trabalho via Programa Mais Empregos. E mais: cursos gratuitos de capacitação e qualificação; acesso a linhas de crédito e renegociação de dívidas, via parceria com a GoiásFomento, para micro e pequenos empresários. O empreendedor Alexandre Florentino recebeu, das mãos de Caiado, uma linha de crédito no valor de R$ 5 mil a juros zero, via Programa Estadual de Apoio ao Microempreendedor (Peame).

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top