skip to Main Content

Operação combate abuso e exploração sexual infantil em Goiás

Cinco pessoas foram presas em flagrante, 10 mandados de prisão foram cumpridos e outras 12 pessoas foram conduzidas à delegacia. A Polícia Civil apurou 11 denúncias e encaminhou 56 crianças para o Conselho Tutelar

Por Redação Tribuna do Planalto - 19/05/2022

Da redação

A Polícia Civil de Goiás deflagrou, em todo o Estado, a Operação Parador 27. O objetivo é atuar no combate aos crimes relacionados ao abuso e à exploração sexual infantil. Em Goiás, cinco pessoas foram presas em flagrante, 10 mandados de prisão foram cumpridos e outras 12 pessoas foram conduzidas à delegacia.

Mais de 100 policiais civis e 33 viaturas trabalharam na Operação. A Polícia Civil apurou 11 denúncias e encaminhou 56 crianças para o Conselho Tutelar. Oitenta e quatro locais foram fiscalizados e 916 pessoas foram abordadas. Policiais também abordaram 258 veículos, em 8 pontos de bloqueios. Setenta e dois inquéritos policiais foram instaurados e 59 já foram concluídos e encaminhados à Justiça.

A operação está ligada ao dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. As unidades da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de todo o Estado trabalharam.

Em Goiânia, um homem de 25 anos, foi preso por crime de estupro de vulnerável, contra uma criança de 06 anos de idade. Após a vítima confidenciar para a própria irmã (também criança) acerca dos abusos suportados, os fatos vieram ao conhecimento da família. No interrogatório, o investigado confessou as práticas dos abusos sexuais, afirmando estar arrependido de suas condutas, sendo depois recolhido na unidade carcerária.

Em Aparecida, a PCGO desenvolveu ação educativa com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os policiais fizeram abordagens a motoristas de caminhões, condutores de veículos de passeio, ônibus de transporte coletivo e de viagem, com o objetivo de averiguar e conscientizar acerca da exposição de menores em situação de exploração sexual. Foram entregues 500 panfletos para cerca de 210 veículos abordados, no Posto da PRF localizado na Rodovia BR-153, próximo ao município de Hidrolândia.

Em Corumbá, um homem de 36 anos foi preso em flagrante na posse de arquivos contendo cenas de pornografia envolvendo crianças e adolescentes. Após obter informações de que o homem armazenava tais arquivos, a PCGO iniciou as investigações e representou pela busca e apreensão.

Durante o cumprimento do mandado, foi constatado que o indivíduo possuía em seus dispositivos eletrônicos material de pedofilia adquirido pela internet. O homem está preso preventivamente e, se condenado, pode pegar até quatro anos de prisão.

As diligências da Operação Parador 27 ainda estão em andamento. A Polícia Civil segue trabalhando para encontrar outros envolvidos nos crimes apurados.

Back To Top