skip to Main Content

Estado nomeia mais de 800 novos policiais aprovados em concurso

Chamamento contempla 799 concursados da Polícia Civil e 39 da Polícia Militar, estes para suprir vagas de desistentes


Avatar Por Redação Tribuna do Planalto em 01/02/2024 - 07:47

Governo de Goiás já nomeou 799 novos policiais civis e 1.200 militares desde 2023. Política permanente de fortalecimento da segurança pública (Foto: Secom)

O Governo de Goiás publicou, em edição suplementar na noite de ontem, dois decretos de nomeações de concursados para as forças de segurança do Estado. São 799 aprovados no último concurso da Polícia Civil e 39 para a Polícia Militar. Os novos integrantes das corporações reforçam o compromisso do governador Ronaldo Caiado no combate incisivo à criminalidade.

“Agora os concursos são respeitados. Acabou aquele negócio de ser aprovado e nunca ser convocado. A melhor segurança pública do Brasil se constrói com coragem, firmeza, princípios e investimento em pessoas qualificadas e comprometidas com o nosso Estado”, afirmou o chefe do Executivo estadual em mensagem publicada nas redes sociais nesta quarta-feira, 31.

A nomeação na Polícia Civil abrange 40 novos delegados; 430 agentes de polícia; 273 escrivães de polícia da 3ª classe e 56 papiloscopistas policiais. A chegada dos novos agentes fortalecerá a capacidade investigava e administrativa da Polícia Civil.

O concurso foi dividido em seis fases: provas objetiva e discursiva; teste de aptidão física; avaliações psicológica e de vida pregressa; e curso de formação. As provas foram realizadas entre dezembro de 2022 e janeiro de 2023.

A realização de concurso público e a convocação ágil dos aprovados é resultado da política de ampliação e fortalecimento da Polícia Civil, uma prioridade da gestão desde janeiro de 2019. Em 2021, o Governo de Goiás convocou 100 novos delegados de polícia, após um hiato de sete anos sem nomeações para o cargo no Estado.

Polícia Militar
Na Polícia Militar o decreto prevê a nomeação de 39 candidatos do concurso público de 2022 para suprir vagas de candidatos faltosos/desistentes nas últimas chamadas. Eles foram nomeados ao cargo de soldado combatente de 2ª classe e vão atender nas unidades da Polícia Militar de Goiânia, Anápolis, Luziânia, Rio Verde, Catalão, Ceres, Formosa, Porangatu, Jataí, Goianésia, Águas Lindas, Uruaçu e Caldas Novas.

Nas duas primeiras etapas de nomeações para a PM o Governo de Goiás já chamou 1.200 soldados – 700 em maio e 500 em setembro, no ano passado. A previsão é de nomeação de mais 300 concursados em julho deste ano. “São homens e mulheres que vão integrar a melhor polícia do Brasil e continuar fazendo de Goiás um estado seguro e digno para todos os cidadãos”, destacou o governador Ronaldo Caiado à época.

Lista de convocados no link abaixo:

https://diariooficial.abc.go.gov.br/portal/visualizacoes/jornal/6002/#e:6002